Consulte nossa equipe.

Nossas Sócias

Samantha Moreira
Advogada

Mestra em direito.

Graduada em Direito em 2009 pela Universidade FUMEC.

Professora universitária de direito e de curso de pós graduação.

Pós Graduada em Direito do trabalho.

Pós graduada em Direito Empresarial com ênfase nas relações de mercado e em Direito Civil e Processo Civil.

Autora de artigos e capítulos de livros publicados em periódicos e revistas jurídicas.

Autora de livros jurídicos publicados. Associada ao Instituto Mineiro de Direito Processual (IMDP).

Membro da Comissão de Direito Educacional da OAB/MG.

Dayanna Leal
Advogada

Experiência em consultoria jurídica em Direito Imobiliário.

Pós Graduada em Direito Empresarial.

Pós Graduada em Direito Imobiliário, pela Escola Superior de Advocacia da OAB/MG.

Conhecimento em "Advocacia e Procedimentos de Mediação”, pela Escola Superior de Advocacia da OAB/MG.

Membro da Comissão de Direito Educacional da OAB/MG.

A Advocacia Leal e Moreira tem a missão de promover a dignidade dos seus tomadores de serviços advocatícios e da sociedade em geral conforme os princípios éticos da cidadania e fundamentais do Estado de Direito Democrático.

Valoriza aqueles que lhe procuram para tutela de seus direitos não como clientes, mas como constituintes: pessoas físicas ou jurídicas destinatárias do compromisso da Sociedade de Advogados com a dignidade da pessoa humana em última instância.

As suas diretrizes de atuação são Assistência, Lealdade e Moralidade.

A Advocacia Leal e Moreira é especialista na defesa dos direitos pertinentes à:

Um dos diferenciais da Advocacia Leal e Moreira é ter um dos primeiros escritórios mineiros de advocacia especializado em Direito Educacional, para fins de salvaguarda das instituições de ensino, estudantes e seus familiares.

" O fim do Direito não é abolir nem restringir, mas preservar e ampliar a liberdade. "
John Locke
" As leis são sempre úteis aos que possuem e nocivas aos que nada têm. "
Jean-Jacques Rousseau
" É preciso que os homens bons respeitem as leis más, para que os homens maus respeitem as leis boas. "
Sócrates